Portal do Léo - Letras de Músicas





Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, Mulher, Portuguese, Animais



Histórico
 01/07/2012 a 07/07/2012
 17/06/2012 a 23/06/2012
 03/06/2012 a 09/06/2012
 20/05/2012 a 26/05/2012
 13/05/2012 a 19/05/2012
 06/05/2012 a 12/05/2012
 22/04/2012 a 28/04/2012
 08/04/2012 a 14/04/2012
 01/04/2012 a 07/04/2012
 25/03/2012 a 31/03/2012
 11/03/2012 a 17/03/2012
 04/03/2012 a 10/03/2012
 26/02/2012 a 03/03/2012
 12/02/2012 a 18/02/2012
 05/02/2012 a 11/02/2012
 29/01/2012 a 04/02/2012
 22/01/2012 a 28/01/2012
 15/01/2012 a 21/01/2012
 08/01/2012 a 14/01/2012
 01/01/2012 a 07/01/2012
 25/12/2011 a 31/12/2011
 18/12/2011 a 24/12/2011
 11/12/2011 a 17/12/2011
 04/12/2011 a 10/12/2011
 27/11/2011 a 03/12/2011
 20/11/2011 a 26/11/2011
 13/11/2011 a 19/11/2011
 06/11/2011 a 12/11/2011
 30/10/2011 a 05/11/2011
 23/10/2011 a 29/10/2011
 16/10/2011 a 22/10/2011
 09/10/2011 a 15/10/2011
 02/10/2011 a 08/10/2011
 25/09/2011 a 01/10/2011
 18/09/2011 a 24/09/2011
 11/09/2011 a 17/09/2011
 04/09/2011 a 10/09/2011
 28/08/2011 a 03/09/2011
 21/08/2011 a 27/08/2011
 14/08/2011 a 20/08/2011
 07/08/2011 a 13/08/2011
 31/07/2011 a 06/08/2011
 24/07/2011 a 30/07/2011
 17/07/2011 a 23/07/2011
 03/07/2011 a 09/07/2011
 26/06/2011 a 02/07/2011
 19/06/2011 a 25/06/2011
 12/06/2011 a 18/06/2011
 05/06/2011 a 11/06/2011


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis


 
 
Adote um Gatinho


Cartinhas!

CARTINHA DA MELODY (ATUAL SOPHIA)

"Olá Gente!

Pedi para minha mamãe humana escrever essa cartinha contando para todas as tias do AUG como estou linda e feliz. Eu me chamava Melody, mas agora eu atendo por Sophia.

A mãe me adotou porque o Théo, meu irmão mais velho que ela tirou da rua (gente, olha que horror?), precisava muito de uma irmãzinha...

E é aí que eu entro na história: cheguei numa casa prontinha para gatos, com vários brinquedos e um irmão que eu amei logo de cara e me ensinou várias traquinagens!! Brincar com ele é a coisa que mais gosto de fazer.

Eu também ganhei um papai-humano que vive tirando fotos lindas de mim, e enchendo minha barriguinha de beijos. Olha como tive sorte? Ganhei uma família completa!

Acho que eles também estão muito felizes comigo, pois a mamãe não cansa de dizer que eu "sou o ser mais doce e carinhoso que ela já conheceu". Acho que é porque quando ela vem me fazer cafuné eu me jogo de barriga prá cima e começo a miar bem fininho e ronronar.

Tias da Ong AUG, obrigada por tudo o que fizeram por mim, nunca vou esquecer de vocês e sempre vou mandar notícias.

Tem umas fotinhos aqui para vocês verem como eu crescí, e como eu gosto de dormir agarradinha no meu irmão Théo.

Beijos pra todo mundo!!

Sophia"


CARTINHA DO CRUSH E DA JULIA (ATUAIS CHE E PÉTALA)

"Olá, tias do AUG!

Aqui quem fala é a Pétala (antes meu nome era Júlia). Estou aqui ao lado do meu irmãozinho, o Che (ex Crush), para contar as novidades.

Já faz quase 6 meses que viemos para a casa da mamãe e do papai. O tempo passa rápido. Eles nos escolheram a dedo, depois de verem, um por um, todos os gatinhos do site! Estamos muito felizes, saudáveis e serelepes! Somos comilões e adoramos um petisco! Não gostamos de ficar sozinhos e sempre acompanhamos nossos pais onde eles estão.

Mas confesso que no começo foi um pouco difícil. Cheguei muito desconfiada e não aceitava muito o meu irmão: enchia ele de assopradas e patadas. Ficava morrendo de ciúmes dele porque ele é pequeno e sempre quer chamar a atenção! Também estranhei a casa e passava muito tempo escondida. Meus pais ficaram bem preocupados! Mas agora estou bem mais solta e tranquila. Eu e o Che somos muito companheiros e eu cuido dele porque sou a irmã mais velha. Na verdade, quem manda na casa sou eu, já que sou uma gatinha cheia de personalidade. Não faço nada que não quero e não curto muito que fiquem me apertando. Se começam a me abraçar e beijar muito, logo fico brava e saio correndo e reclamando. Sim, sou um pouco rabugenta; mas isso faz parte do meu charme... Basta eu botar meu belo par de olhos verdes no papai e na mamãe para eles se derreterem todos... Sempre consigo tudo o que quero pois sou muito linda e ninguém resiste! Na verdade, sou carinhosa também, mas tem que ser do meu jeito! Ganhei esse nome lindo, Pétala, por causa da minha beleza delicada. Agora vou deixar o Che falar um pouco porque ele já está todo agitado querendo contar as coisas.

Oi, tias! Aqui quem fala é o Che! Cheguei aqui com poucos meses! Eu era um bebê! Agora já estou bem grandão e lindo de morrer! Meu pai se apaixonou por mim assim que me viu no site, mas quando disse que queria me adotar, foi informado de que eu já estava reservado para outra pessoa e que ele deveria escolher outro gatinho. Ele me contou que ficou muito triste, mas que um dia depois ligaram avisando que eu seria dele e que ele e a minha mamãe ficaram super felizes com a notícia! Eu sou mega bagunceiro e agito a casa todos os dias. Comigo não tem desânimo; gosto mesmo é de brincar. Pulo e corro o dia todo. Adoro minha caixa de brinquedos e lutar com minha irmã Pétala. Daí, quando ela cansa e vai dormir, eu continuo ligado na tomada e fico atrás dos meus pais para eles brincarem comigo. Não posso ver uma bolinha que já fico super empolgado! Sou um esportista nato e vivo derrapando pela casa de tanto correr e pular! Por isso, mesmo sendo super comilão, estou em forma! Minha casa é um parque de diversões e passo o dia todo me divertindo. Além disso, sou muito charmoso e carinhoso e adoro dar beijinhos. Sou um gatinho de bem com a vida; comigo não tem tempo ruim! Espero que tenham ficado felizes em receber notícias nossas!

Che e Pétala"


CARTINHA DO BILL (ATUAL OZZY)

"Olá tia Susan
 
Aqui é o Ozzy (antigo Bill), este é o nome que meus novos pais me deram, até já atendo por ele.

Vim dar notícias sobre minha nova casa. Hoje estou muito bem. Apesar de ser um gatinho bem arisco e desconfiado, meus novos pais estão conseguindo me ganhar, pois sempre brincamos muito de correr atrás do ratinho, de esconde esconde e também de correr atrás do laço de presente! Esse último eu adoro, pois faz com que eu me exercite muito e fique correndo pelo apartamento todo. Com 3 dias eu já sabia onde ficava minha comidinha e também onde fazer certinho as minhas necessidades, apesar de eu insistir em fazer xixi de vez em quando numa casinha que a mamãe me deu.

Hoje, extamente hoje, a mamãe (Juliana) me presenteou com um biscoitinho especial para gatos! Ela disse que só ia me dar esse quando eu deixasse ela me fazer carinho na orelha e no pescoço, então como hoje eu acordei de bom humor, ela fez carinho e eu ganhei uns biscoitinhos.

Semana passada visitei a veterinária, ela me deu uma injeção anti-rábica e também cortou minhas unhas, pois eu estava com mania de arranhar tudo, inclusive meus pais, rsrsrs!
 
Susan, agora é a Juliana, agradeço imensamente pela AUG existir e por ter pessoas como você à frente disso. A adoção do OZZY foi a melhor atitude e decisão que eu poderia tomar, ele realmente é um gatinho que demanda atenção e carinho, pois o trauma que ele traz do tempo em que ficou na rua ainda é muito presente, mas com o tempo estamos conseguindo adiquirir a confiança dele e ele tem percebido a quantidade de amor que tem nesta casa.
 
Beijos
Juliana"



Escrito por Yumi às 17h03
[ ] [ envie esta mensagem ]



Cartinhas!

CARTINHA DO SUSPIRO (ATUAL GAUDÍ)

"Oiii titias, lembram de mim? Fui o gato adotado número 4000!

Estou adorando minha nova vida! Quando a tia Sylvia me trouxe, eu fiquei tão quietinho e assustado que a Marina e o Ronaldo acharam que eu era mudo! Fiquei escondidinho por uma semana embaixo da cama deles, não miava, não fazia nada!! Eles decidiram me deixar à vontade, pois sabiam que uma hora eu iria me soltar. Eles tinham que abaixar para me ver... Eu só saía à noite quando eles estavam dormindo e ia explorar a casa e usar minha caixinha de areia.

Mas fui percebendo que eles me deixaram bem à vontade, eles só queriam brincar comigo e não me fazer mal. Eles passavam horas deitados no chão e levavam sempre um presentinho pra mim, eram ratinhos, cobertorzinho, comida... Vi que só queriam me fazer carinho... Com isso comecei a sair de fininho e chegar na sala bem pertinho deles, mas se eles se mexessem, eu corria de novo pro meu esconderijo! Com quase duas semanas, a Marina teve que me pegar a força para dar remédio. Eu fiquei quietinho e com medo, mas ela me deu o remedinho e fez tanto carinho depois que não aguentei, ronronei tãaaaao alto que ela ficou toda emocionada!! Depois comecei a sair cada vez mais, teve um dia que cheguei pertinho do Ronaldo pra cheirar ele, aí percebi que ele ficou tão feliz com isso, que cada vez me aproximei mais e mais.

Hoje sou outro gato!! Vivo grudado neles, sigo eles pela casa, mio e mostro o barrigão pedindo carinho, faço chaaaarme, estou completamente adaptado e feliz com eles! Nós brincamos muito e dormimos todos juntos. Agora me sinto da família e estou muito feliz! De tão carinhoso, brincalhão e companheiro que sou, eu tenho ouvido várias vezes eles conversando sobre adotar uma irmãzinha pra mim... Com certeza vou me divertir ainda mais!!!

Agradeço muito a vocês por terem me tirado das ruas. Por causa de vocês hoje sou esse gato lindão, saudável e feliz! Venham me visitar quando quiserem, tá?! Agora deixa eu voltar pros meus brinquedos! Beijos prá vocês! Fui...

Gaudí (ex- Suspiro)"

Ainda escondido embaixo da cama


Mostrando o barrigão

Fazendo charme pra ganhar carinho

 

CARTINHA DA BABALU (ATUAL NALÚ)

"Oi Titias do AUG!!
Aqui é a Babalú, quanto tempo né?  Pois é, aqui estou eu na minha nova casa e adorando essa vida. Já vai fazer 10 meses que vim para casa e minha mamãe agora me chama de Nalú.

Moramos eu, minha mamãe (Eli) e a Belinha.  A Belinha é uma gatinha que chegou antes de mim e que foi achada bem bebezinha na rua. Agora fazemos companhia uma para outra, corremos e brincamos bastante, nas nossas brincadeiras a mamãe só interfere se ouve um gritinho.  Daí ela fala, “Meninas não é para morder... Vamos parar com isso”...

Fui adotada em abril/2011 e minha chegada aqui foi até que tranquila, aquela coisa básica: a Titia Bell me trouxe, fiquei 5 minutos agarrada na caixinha, e corri diretamente para debaixo de uma cama de difícil acesso. Só deu tempo dá belinha fazer aquele “xxxxxiiiiiiiii”, mas nem me viu direito. Minha mãe não forçou a barra, me deixou quietinha neste quarto com a porta fechada para eu me tranquilizar e com tudo que eu precisava lá dentro. Ela só entrava para por comida e ver se estava tudo bem. No terceiro dia ela cansou de esperar e foi o maior trabalho para me tirar debaixo da cama. Depois destes primeiros dias fui me acostumando e hoje sou a rainha da casa.

Não paro um minuto, bolinha, ratinhos, papel, cordinha, torneira, enfim, tudo que possa render uma boa brincadeira, isso tudo além da Belinha que me dá uma canseira e vice versa, rsssss. Já derrubamos a cortina da sala e o sofá virou afiador de unhas, mas isso é o normal, minha mãe chama atenção mas nem chega a brigar.  Outro dia ela trouxe um condomínio de caixas de papelão próprio para gatinhos, adoramos!!!

Agora a novidade é uma árvore que ela colocou na sala cheia de bolinhas coloridas. Já brincamos com todas as bolinhas da árvore e é claro que já derrubamos a árvore também, mas nem assim ela se estressa com a gente.O mais engraçado é na hora de dormir, quando a mamãe vai arrumar a cama. Ela diz que parece mágico tirando o coelho da cartola, eu estou na sala e de repente apareço embaixo do lençol que ela está arrumando na cama, ela disse que é a coisa mais rápida que ela já viu.

Ainda corro um pouco de pessoas estranhas ou que quase não vejo, como a vovó e a titia que vem me visitar de vez em quando, mas depois de uns minutos já me acostumei. A melhor hora é quando a mamãe chega à noite, eu e a Belinha ficamos esperando na porta para ganhar carinhos e beijinhos. Depois ela pega a lata do petisco e do atum, que felicidade!!!  Ela tem que colocar tudo separado porque senão só dá EU, aliás, sou uma comilona daquelas, rssssss.

Bom, deixa eu ir que a Belinha tá me chamando, está na hora da nossa brincadeira de esconde esconde, rssss! Um beijo grande nas Titias que cuidaram de mim  durante a minha estada na ONG. Minha mamãe sempre diz que queria poder adotar mais gatinhos, mas infelizmente ainda não dá. Espero que todos os gatinhos que ainda estão por aí tenham a oportunidade de ter um lar para chamar de seu, assim que nem eu.

Beijos Tias e muito obrigada por tudo. Feliz Natal e um Ótimo 2012 cheio de adoções.

Babalú"

 

CARTINHA DA ATHENA (ATUAL MEL)

"Titias da AUG,
 
Pedi pra minha mamãe escrever uma cartinha pra vocês, contando como está minha nova casa. Sabe, tias, logo que eu cheguei, minha vovó quis mudar meu nome, já não me chamo mais Athena e sim Mel, minha mãezinha e minha vózinha dizem que é porque eu sou um docinho de gatinha... Logo me deparei com minhas duas irmãzinhas que já estavam na casa da minha mamãe. Claro que elas não gostaram de mim assim de repente. Tive que entrar quietinha, de um jeito que eu diria "mineirinho" de ser, sempre comendo pelas beiradas. Acho que isso durou cerca de um mês. Minha mamãe com medo de elas me machucarem, me colocava todos os dias pra dormir na cama com ela, enquanto minhas irmãzinhas dormiam como os meus avós. Minha vovó dizia que queria me ver fazendo tanta bagunça quanto as outras, dizia que eu era quietinha demais e ficou até preocupada, mas mal sabia ela, que era só eu pegar um pouquinho de intimidade...

Depois desse mês de adaptação, minha mamãe me levou pra conhecer uma tia muito legal, ela usava uma roupa toda branca, cortou minhas unhas (não gostei nada disso, me debati no colo da minha mãe reclamando), e me levou pra uma sala onde me pesou e começou a ouvir meu pulmão. Achei estranho, mas a minha mãe falou que a tia tinha que me examinar, pois eu estava com uma tosse chata. A tia falou que eu estava com rinotraqueíte e que eu tinha que tomar uns remédinhos pra melhorar. Vocês acreditam que minhas irmãzinhas pegaram também? A tia disse que é por causa do tempo, estávamos no inverno.Mas olha titias, eu dei um trabalhão pra minha mamãe e pros meus vovôs pra tomar o remédio... Era ruim, depois me balançava inteira jogando remédio pra sala toda. Claro que hoje estou já não tenho mais nada, nem as minhas irmãs.

E falando nelas, como todo mundo se encantaram comigo, afinal de contas eu sou muito meiga, uma verdadeira princesa. Gosto de dormir com minha mamãe, na cama quentinha dela, afinal de contas ela me acostumou lá... Ahhhh titias, sabe o que eu descobri que gosto de fazer? De dar lambidinhas na minha mamãe, é só ela chegar o rosto perto de mim, e lá vão as lambidinhas. Ela diz que é limpeza de pele, eu nem sei o que é isso, mas ela gosta e muito. Hoje já apronto como as minhas irmãs.Outro dia eu subi no armário da minha mamãe e derrubei a caixa de som dela, e sabe o que ela fez??? NADA, nenhuma bronca, ela ficou preocupada se eu estava assustada, e com razão, pois fez um barulhão... E esses dias fui subir no armário dela de novo e derrubei todas as maquiagens dela no chão... Ai, ando meio desastrada. Mas minha familia é muito boa pra mim e pra compensar eu sou super companheira da minha mãezinha.
 
Bom tias, estou muito feliz aqui e aprontando demais, e agora minha vózinha está feliz, pois ela gosta de gatinhos que correm pela casa e derrubam tudo que está em cima dos móveis. É muito bom. Deixa eu me despedir de vocês, porque minhas irmãzinhas estão me chamando pra brincar...
 
Lambidinhas para todas vocês titias

Mel (ex- Athena)"

- Meninas da AUG,
 
Espero que tenham gostado da noticia da Mel (Athena), que é um serzinho mais que especial na vida de todos nós. Ela é minha companheirinha que dorme comigo, que me acorda de manhã, me pede comida, e ai se eu não colocar ração para ela de manhã, fica miando e reclamando, mesmo que minha mãe já tenha colocado ração para as 3. Isso porque eu adotei a Mel para ser compaheira da minha mãe, pois foi o presente de aniversário dela. Tenho mais 2 meninas lindas, uma chamada Nina, que é toda manchada, a coisa mais gostosa e manhosa, e a Mila, que é um panterinha, essa odeia ficar no colo o contrário da Nina e da Mel, mas adora que a gente converse com ela, se joga no chão fazendo gracinhas par gente rir muito. Enfim, minha vida é extremamente abençoada por elas existirem. São parecidas com crianças, que temos que conversar, explicar e dar bronca. São as minhas delicinhas.
 
Beijos a vocês.
 
Afife (mamãe), Sonia (vovó) e Claudio (vovô)



Escrito por Yumi às 12h03
[ ] [ envie esta mensagem ]



GATINHA DA SEMANA - AURORA

Eu sou a Aurora, uma gata fofa e carinhosa. Também fui uma mamãe muito guerreira: tive dois bebês prematuros, mas cuidei deles direitinho e eles até já foram adotados. Agora só falta um lar para mim! Quer ficar comigo? Tenho 2 aninhos de idade, e estou castrada e vacinada. Para me adotar, é só acessar o website e preencher o formulário de adoção: www.adoteumgatinho.org.br.

Atenção: os gatinhos do AUG são doados apenas para a cidade de São Paulo, ABC e Osasco.

Se você não pode adotar, mas gostaria de ajudar, divulgue essa mensagem entre seus amigos! Compartilhe!



Escrito por Yumi às 14h02
[ ] [ envie esta mensagem ]




[ ver mensagens anteriores ]


 
 


© Adote um Gatinho - 2003/2006 - Todos os Direitos Reservados
Portal do Léo - Letras de Músicas