Portal do Léo - Letras de Músicas





Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, Mulher, Portuguese, Animais



Histórico
 01/07/2012 a 07/07/2012
 17/06/2012 a 23/06/2012
 03/06/2012 a 09/06/2012
 20/05/2012 a 26/05/2012
 13/05/2012 a 19/05/2012
 06/05/2012 a 12/05/2012
 22/04/2012 a 28/04/2012
 08/04/2012 a 14/04/2012
 01/04/2012 a 07/04/2012
 25/03/2012 a 31/03/2012
 11/03/2012 a 17/03/2012
 04/03/2012 a 10/03/2012
 26/02/2012 a 03/03/2012
 12/02/2012 a 18/02/2012
 05/02/2012 a 11/02/2012
 29/01/2012 a 04/02/2012
 22/01/2012 a 28/01/2012
 15/01/2012 a 21/01/2012
 08/01/2012 a 14/01/2012
 01/01/2012 a 07/01/2012
 25/12/2011 a 31/12/2011
 18/12/2011 a 24/12/2011
 11/12/2011 a 17/12/2011
 04/12/2011 a 10/12/2011
 27/11/2011 a 03/12/2011
 20/11/2011 a 26/11/2011
 13/11/2011 a 19/11/2011
 06/11/2011 a 12/11/2011
 30/10/2011 a 05/11/2011
 23/10/2011 a 29/10/2011
 16/10/2011 a 22/10/2011
 09/10/2011 a 15/10/2011
 02/10/2011 a 08/10/2011
 25/09/2011 a 01/10/2011
 18/09/2011 a 24/09/2011
 11/09/2011 a 17/09/2011
 04/09/2011 a 10/09/2011
 28/08/2011 a 03/09/2011
 21/08/2011 a 27/08/2011
 14/08/2011 a 20/08/2011
 07/08/2011 a 13/08/2011
 31/07/2011 a 06/08/2011
 24/07/2011 a 30/07/2011
 17/07/2011 a 23/07/2011
 03/07/2011 a 09/07/2011
 26/06/2011 a 02/07/2011
 19/06/2011 a 25/06/2011
 12/06/2011 a 18/06/2011
 05/06/2011 a 11/06/2011


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis


 
 
Adote um Gatinho


CARTINHAS PRA ALEGRAR O FERIADO

Três cartinhas suuuuuper fofas dos nossos ex-gatinhos!! Tem leitura mais gostosa que essa para o feriado? ;-)

 

CARTINHA DO BERNARDO (EX-LINO) E DA BIANCA (EX-ALINE)

"Oi tias!!

Aqui é o Bernardo (ex-Lino) e a Bianca (ex-Aline)! Desculpem a demora em mandar notícias para vocês... A mamãe está ensaiando escrever esta cartinha faz um tempão, mas como ela não toma atitude, resolvemos escrever nós mesmos (ai se a mamãe sabe que a gente tá em cima do laptop dela... hehehe...).

Bem tias... Já faz quase 8 meses que estamos na nossa casa! No começo achamos tudo muito estranho, pois a mamãe era uma desorientada!! Ela sempre foi uma pessoa de cachorros, mas daí as vizinhas dela a convenceram que nós também somos bichinhos muito legais e com muita paciência ensinaram ela a cuidar da gente...

Sabem, tias, nossa mamãe passou por mal bocados nesta cidade... E ela diz que a gente que salvou ela! Há 1 ano mais ou menos ela passou por um seqüestro relâmpago muito assustador e queria fugir daqui! Mas ela resolveu dar uma segunda chance para São Paulo e, para agüentar essa barra, ela adotou a gente, para trazer alegria para a vida dela! Vai dizer que ela não fez a melhor escolha da vida dela? Tá certo, ela foi bem louca e deu nome de ratos pra gente! Mas lembram daquele filme Bernardo e Bianca que os ratinhos salvam a menininha órfã? Então... Não caiu como uma luva? :-) Eles salvaram a menininha e nós salvamos a mamãe!! Graças a nós, ela não jogou tudo pro alto!! E hoje ela diz todo dia que ama muito a gente e fica nos apertando até a gente reclamar!! Hehehe!!

Nós viramos dois gatinhos opostos, mas que se completam! Dois gatinhos “muito”, sabe? Bernardo muito grande, muito arteiro, muito guloso e muito carinhoso!! Bianca muito pequenininha, muito delicada, muito meiga e também muito carinhosa...

A mamãe nos trata como um príncipe e uma princesa (ela vive chamando a gente assim... ora é rato, ora é realeza, vai entender...). A gente dorme na cama com ela, ganhamos muito carinho e petiscos gostosos todos os dias! Hum... a gente tá sendo muito bem tratado aqui, viu!! A mamãe diz que dá um aperto no coração só de pensar que, se não fosse por vocês tias, a gente poderia estar nas ruas até hoje!! Ai credo! A gente também não gosta de pensar nisso, não... Aqui é tããão bom!!

Até o coração do namorado da mamãe a gente conquistou! Ele era super contra esta adoção, mas hoje enche a gente de carinhos e mimos! :-) A gente é tão, tão apaixonante que até a irmã da mamãe (que nunca ligou muito para bichinhos), adotou dois gatinhos depois que conheceu a gente! Para quem morava na rua, né? Agora até primos a gente tem!!

Bom, tias! Além de dar notícias, a gente está escrevendo para agradecer muito pelo o que vocês fizeram por nós! Com certeza vocês são anjinhos que vieram do céu com essa missão muito linda e muito iluminada! A gente reza para que vocês possam continuar ajudando mais e mais gatinhos como a gente!!

Uma lambidinha em cada uma de vocês, com o motorzinho ligado!! :-)

Bebê (Bernardo) e Bibi (Bianca)"

 

 

CARTINHA DA JADE E SAMIRA

"Olá, tias!!! Tudo bem? Saudades?
 
Pois é, nós nem mudamos de nome. Na verdade, a mams e a irmã falaram tanto de nós antes de chegarmos, que nem pensaram em mudar. Ficamos Jade e Samira mesmo. Aliás, tem vários apelidos. Minha irmã é Samirão, Shami-Shami, Sams, princesa e eu sou Lady Jade, Jadezitz e princesa também.
 
Mams diz que somos bem diferentes. A Samira é mais dada, gosta de colo, de beijo, e cuida de tudo. Ela sempre faz a ronda na casa, verifica cada cantinho para ver se está tudo certo. É também a sindicalista: sempre que a caixinha de areia não está do jeito que gostamos, ou a ração e a água estão acabando, ela fica do lado miando bem alto, até tudo ficar direitinho de novo. Eu não curto muito esse negócio de colo, prefiro ficar deitadinha no tapetinho, no sofá...mas sempre deixo a mams me carregar no colo, e gosto mesmo é de coceirinha na barriga, mas só um pouco.
 
Quando chegamos, estávamos meeeeega assustadas, e a mams ficou até preocupada, porque até à noite não tinhamos comido e nem bebido nada. Aí ela fez strogonoff, e foi o começo de uma linda amizade. rsrsrsrsrsrsrs
 
No dia do primeiro banho, eu fui a primeira (porque, porque???), e eu nem tinha começado a reclamar ainda, a Samira já estava no basculante brigando com a mams. Quando eu saí do banho, que fui enxugada e colocada no sol, a Samira entrou no banheiro e ficou brigando com a garrafinha do desinfetante e com o chuveirinho malvado. A mams ficou até com medo de dar banho nela, porque a
Sams sempre foi maior e mais forte que eu. Mas no fim, ela tomou banho direitinho. Tá bom, vai. Ficamos de mal da mams até à noite. Só fizemos as pazes para dormir na cama dela de novo. E quem foi que inventou o secador de cabelos? A gente bate nele até quando está desligado, aquela coisa horrenda!
 
Na primeira visita ao veterinário eu fiquei bem comportada (assustada pra burro). Tomei vacina e nem reclamei. Só fiquei brava na hora de cortar as unhas, mas aí já tinha acabado tudo. O que é aquele vermífugo? Já a Sams, aaaaai, a Veterinária chama ela de pitbull!!! Não queria sair da caixa, fez fuuuuuuuuuz para ela, tentou morder todo mundo durante a vacina, e ainda ficou mordendo a mams enquanto a veterinária cortava as unhas dela. Por isso a mams a chama de Samirão.
 
Em casa a gente faz a maior fuzarca! Eu corro, corro, corro! O roteiro é o seguinte: lutinha no sofá com a Samira, a gente corre pra cama da mams, pula pra janela do quarto, luta mais um pouco, corremos para a sala de novo, pulamos pelo sofá e corremos para a cozinha, subimos na janela da área de serviço, voltamos para a cozinha, subimos nos armários, voltamos para a sala...e isso derrubando tudo pelo caminho. Tudo é brinquedo pra gente: lápis, caneta, tampinhas diversas, meeeeeeeeenos...os brinquedos. A gente achou um negócio todo peludo, que era do cabelo da irmã. A mams chama de gerúndio-particípio (????), e a gente já despelou ele todinho.
 
Quando ela vai fazer comida, a gente fica em cima até ganhar algum pedaço de frango, carne, presunto...até macarrão com molho a gente topa. Ela diz que não pode dar, porque faz mal, mas a nossa insistência é tanta que não tem como. Tem dia que temos que ser trancadas em algum quarto. A mams diz que eu só gosto de comida pronta: carne crua não é comigo. Mas a Samira gosta de cru, cozido, assado, só temperado e até podre. Por isso tem que ter cuidado redobrado com o lixo, porque o passatempo preferido da Sams é revirar o lixo pra mordiscar as bandejas de isopor onde vêm as carnes. Eita!
 
Daí, o melhor de tudo, ficar tomando solzinho na janela da sala. O que seria de nós se não fosse a tela de proteção?
 
Outro dia disseram pra mams que não era bom ter gato preto em casa, porque dá azar. Queriam mandar a Sams embora, acreditam? Mas a mams falou que a única coisa que eu e a Sams trouxemos foi alegria e muito pêlo na casa. ;-)
 
A gente não curte muito é a irmã. Mas é que ela pensa que a gente é bichinho de pelúcia, e temos que fazer o que ela quer na hora que ela quer. E não é assim...nós gatos temos vontade própria. A mams está tentando ensinar isso a ela. Mas tenho certeza de que ela ainda vai virar uma gateira de primeira! Daí, quem sabe, a gente não vai dormir na cama dela também? 
 
Gentem, muito obrigada por tudo mesmo. Estamos muito felizes no ap novo e com saudades de todos.
 
Tem fotinhas nossas.
 
Beijos,
 
Lady Jade"

 

 

CARTINHA DA MELINA MAMADEIRA

"Queridas tias do AUG,

Depois de muito ensaiar, aqui estou mandando minhas notícias.

Fui criada na mamadeira junto com meu irmão Miau e minha irmã Mia pela madrinha Neise. Tudo estava ótimo na casa dela junto com os outros 7 gatinhos e gatinhas meus amiguinhos. Quando completei 4 meses, para minha surpresa, me levaram para um apê com uma nova família.

Nessa nova família tenho pai, mãe e uma irmã sialata de nome Jane de 3 anos. Quando cheguei neste novo lar a minha nova irmã só fazia “fuu” para mim. Durante o dia eu fazia o reconhecimento do local e a noite eu dormia sozinha no escritório. Foram muitos dias nessa rotina. Quando finalmente a Jane diminuiu os “fuus” eu pude dormir na cama com o papai e a mamãe. Aí sim a vida começou a ficar bem divertida !

Na verdade, a Jane teve que tomar homeopatia para me aceitar numa boa. E nós duas tivemos que usar um floral para mudanças no ambiente. Apesar de ainda não sermos as melhores amigas do mundo, nos damos bem. Tomamos banho de sol na sala, brincamos de pegador pela casa, brincamos de esconde-esconde nas caixinhas de papelão, além de muitas outras atividades diurnas e noturnas.

Meu irmão Miau, que agora se chama Lorenzo e minha irmã Mia, também estão em lares maravilhosos. Tudo porque fomos resgatados pelas tias do Adote Um Gatinho e acolhidos pela madrinha Neise que nos amamentou de três em três horas até ficarmos fortinhos e sermos colocados para adoção.

Quando a Neise e a Bete vieram me visitar na minha nova casa, pensei que estivesse sonhando. Foi um momento lindo. Espero que as visitas se repitam muitas vezes nesta minha vidinha, pois nunca vou esquecê-las !!!

Agora que tenho um Lar Doce Lar, estou na torcida para que todos os gatinhos do abrigo também consigam ser adotados por famílias amorosas que cuidem deles com muita responsabilidade e nunca os devolvam para a ONG.

Ronrons com todo o meu amor para as tias e o bigodinhos,

Melina (Mimi para os íntimos)

P.S. Seguem algumas fotos minhas e da Jane."



Escrito por Yumi às 18h59
[ ] [ envie esta mensagem ]



Você sabe o que é FELV?

O QUE É FELV OU LEUCEMIA FELINA?
FELV, ou Leucemia Felina, é uma doença causada por um vírus que ataca e enfraquece o sistema imune do gato. É uma doença exclusiva de gatos, isto é, nem cães nem humanos podem contrair FELV.


COMO EU POSSO SABER SE MEU GATINHO TEM FELV?
A FELV é diagnosticada por meio de um teste específico de sangue, que está disponível em quase todos os laboratórios veterinários.

Quando o gatinho possui a FELV ativa, isto é, quando a doença se apresenta na sua forma sintomática, o quadro é muito grave, podendo levar o gato a óbito. Nesse caso, o vírus ataca tecidos e órgãos do sistema imune. Este ataque deixa o animal suscetível a uma variedade de doenças infecciosas, podendo causar também:
- infecções respiratórias
- infecções orais (estomatite, gengivite, úlceras na boca)
- lesões de pele e retardo na cicatrização de feridas
- anemias e doenças de sangue
- problemas reprodutivos
- desenvolvimento de tumores (sarcoma, linfoma, etc)
Todo gato com histórico de doenças crônicas é suspeito para leucemia felina e deve ser testado.

Por outro lado, quando o animal é apenas portador do vírus, mas não desenvolve a doença, a FELV é assintomática. Esse é o caso da Samira, da Sardinha e de outros gatinhos felventos do AUG. Eles não possuem nenhum sintoma, estão todos bem e gordinhos, e só foram diagnosticados com FELV porque foram feitos os exames de sangue para a doença. Vale destacar que gatinhos portadores do vírus podem permanecer assintomáticos por anos. Podem até vir a falecer por idade sem que a FELV tenha se manifestado ao longo de toda a sua vida.


FELV PASSA DE UM ANIMAL PARA OUTRO?
Um gatinho que tem FELV pode transmitir o vírus para outros gatinhos por meio do sangue (por brigas com mordidas ou de mãe para filhote), da saliva (pelos banhos de língua e pelo compartilhamento de potes de comida), e da urina (pelo compartilhamento de caixas de areia). Por isso, não é recomendado que um gatinho com FELV conviva com gatinhos que não tenham a doença. Gatinhos com FELV devem ser filhos únicos, ou conviverem com outros gatinhos que também sejam FELV positivos, ou conviverem em casas com cachorros, já que o vírus da FELV só atinge felinos.


QUAL É O TRATAMENTO PARA FELV?
Quando o gato tem a FELV ativa, o tratamento médico está diretamente relacionado à ação do vírus, ou seja, o tratamento é feito de acordo com os sintomas das doenças secundárias. Como toda doença, a FELV deve ser tratada individualmente, já que cada animal pode manifestar a doença de forma clínica diferenciada.

Todavia, quando o gatinho é assintomático, isto é, quando ele possui o vírus, mas não manifesta nenhum sinal clínico da doença, não é necessário nenhum tratamento. Gatinhos que são apenas portadores de FELV não precisam tomar nenhum remédio. Os cuidados são os mesmos que recomendamos para todos os gatinhos: devem ser alimentados de preferência com rações super premium, que possuem qualidade superior, e ser vacinados anualmente com a vacina quádrupla felina.

Para quem deseja ter apenas um gatinho em casa, adotar um gatinho que seja portador de FELV é uma boa opção, já que ele não precisa de nenhum cuidado específico. Para quem já tem um gatinho com FELV em casa, você pode adotar outro para fazer companhia ao primeiro. Assim, você dará uma chance para esses gatinhos – que normalmente vão acabar passando o resto da vida em um abrigo – conhecerem o que é um lar e o carinho de uma família.

Na foto, Carambola, gatinha filhote portadora de FELV que vive no abrigo do AUG. Como ela está assintomática, não toma nenhum remédio e tem uma vidinha normal. :-)



Escrito por Yumi às 12h30
[ ] [ envie esta mensagem ]



TIGRE

Havia um casal. Com filhos. Que  decidiu “arranjar” um gato para “distrair as crianças”. O gato trabalhou voluntariamente um bom tempo no ramo do entretenimento infantil.  Mas o casal começou a brigar. E decidiu se separar. Mas as brigas só pioraram... Briga pela TV de plasma, briga pela guarda dos filhos, pelo carro, briga braba pelo apartamento e briga com insultos para ver quem se “livrava” do gato:  “você quem arrumou esse bicho”, “vire-se”, “eu nunca nem gostei de gato”, etc e tal...

O gatinho se mancou que a bruxa tava solta e ficou quietinho no canto dele... Até uma bela manhã, na qual ele foi apressadamente colocado numa caixa de transportes e depois, dentro do carro... Balança, balança, vira, desce, sobe... Até que o carro parou. Silêncio. Vozes. A porta do carro se abre e o gatinho é entregue a uma das tias do AUG.

A tia levou o gatinho para o lar temporário. Mas o lar temporário é um lugar estranho para os novatos e até mesmo assustador... É cheio de outros gatos, ainda desconhecidos, alguns ariscos, outros antipáticos, com um cheiro de todos misturados no ar... Um lugar nada fácil de se gostar num primeiro momento.

O gatinho, claro, não entendeu nada e odiou tudo. Ficou com o coraçãozinho acelerado e “fus” saíram voando pra todos lados... A tia do AUG sentou-se num sofá com o mais novo hóspede aninhado em sua barriga e com ele conversou longamente, explicando que ali ficam os gatinhos à procura de uma família, que era um lugar provisório, onde ele seria muito bem tratado, teria comida gostosa, água fresca, cama quentinha e logo faria amizades. A tia apresentou todos os colegas, mas ficou com o peito apertado na hora de sair e deixar o gatinho sozinho no lar temporário pela primeira vez.
A tia sabe que não é fácil. Principalmente porque é nesse exato momento que quase todos os gatinhos dali tristemente percebem que já tiveram um teto, talvez até uma casa, MAS NUNCA TIVERAM UM LAR...

Por isso, amigos, quem quiser conhecer o gatinho da história, que aguarda ansiosamente por seu PRIMEIRO LAR e por uma mamãe e um papai muito carinhosos, aqui vai a ficha dessa coisa linda. O AUG vos apresenta o querido TIGRE:

FICHA FELINA DO TIGRE:
Características físicas: se você gosta do visual dos tigres ou dos felinos selvagens, ESSE É O SEU GATO! O Tigre é um gato muito grande, forte, majestoso. Um verdadeiro tigre em miniatura. Lindo, lindo de doer: tigrado bem claro, pelo macio, brilhante, um manto! E enigmáticos olhos azuis, azuis claríssimos. A tia do AUG disse que esse é o maior e mais lindo gato que ela já viu, de verdade! (e olha que ela já viu gato pra caramba, hein?!)

Características comportamentais: tudo que o Tigre tem de grande e imponente, tem de dócil! Podemos resumir o Tigre em duas “palavras”: OSO e ÁVEL...ele é super carinhoso, dengoso, manhoso, bondoso, amoroso, só quer carinho, ficar junto, ganhar cafuné, é muuuuito bonzinho mesmo, o que o torna ÁVEL...adorável  e amável!!

O Tigre está castrado, vacinado, vermifugado, é muito simpático, social, é tranqüilo com outros gatinhos e só quer ser amado!

E AÍ, QUEM VAI MOSTRAR PRO TIGRE QUE NÓS, HUMANOS, TAMBÉM PODEMOS SER LEGAIS?

Para adotar o Tigre, acesse www.adoteumgatinho.org.br e preencha o formulário de adoção.

Beijos,

Luana - luana@adoteumgatinho.org.br



Escrito por Yumi às 12h46
[ ] [ envie esta mensagem ]



GATINHO DA SEMANA - LEONARD

Oi, eu sou o Leonard! Sou um gatinho de cara preta lindo, não sou? Toda a minha família já foi adotada, mas eu encalhei aqui. Sou lindo, fofo e gostoso. Tenho apenas 7 meses de idade, e estou castrado e vacinado. Me adota? Para me adotar, é só acessar o website e preencher o formulário de adoção: www.adoteumgatinho.org.br.

Atenção: os gatinhos do AUG são doados apenas para a cidade de São Paulo, ABC e Osasco.

Se você não pode adotar, mas gostaria de ajudar, divulgue essa mensagem entre seus amigos! Compartilhe!



Escrito por Yumi às 11h11
[ ] [ envie esta mensagem ]



Samira e Sardinha - a duplinha FELV

Oi tios e tias, aqui ér a Samira e a Sardinha! Ficamos super felizes ao saber que no último mês 2 gatinhos portadores de FELV foram adotados juntos (Zalo e Hugo). E por isso estamos felizes, renasceu em nós uma nova ESPERANÇA de sermos adotadas juntas.
Nós somos portadoras da FELV mas temos uma vida normal, igual aos outros gatinhos. As pessoas têm muito preconceito, acham que não somos gatinhas que pulam, brincam, que dão e que querem receber carinho, mas fazemos tudo isso, sim, tios, basta a pessoa deixar.
Vamos ficar aqui ansiosas por receber algum formulário para irmos a nossa tão sonhada casa.
Vocês, tios, que estão lendo essa mensagem, podem nos dar uma ajudinha divulgando e falando para quem não tem gatos adotar nós duas juntas?
Muitos ronrons pra vcs tios
Ass: Samira e Sardinha
Para adotar a Samira e a Sardinha, acesse www.adoteumgatinho.org.br e preencha o formulário de adoção.




Escrito por Yumi às 11h54
[ ] [ envie esta mensagem ]




[ ver mensagens anteriores ]


 
 


© Adote um Gatinho - 2003/2006 - Todos os Direitos Reservados
Portal do Léo - Letras de Músicas